Publicado por: baptistasdecantanhede | 15 de Agosto de 2012

A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO

SOLA SCRIPTURA, SOLA GRATIA, SOLA FIDE… CUM PROCACES

O grupo que reuniu-se na primeira noite em Cabecinhas, Calvão de Vagos.

Todas as terças-feiras acontecem reuniões da nossa igreja na pequena congregação que reúne-se em Cabecinhas, um Lugar da Aldeia de Calvão de Vagos. Desde o primeiro culto não são muitas as almas que lá se encontram, mas a cada dia são fortalecidos os laços que unem estes membros, não só pela boa Palavra que é lida como pelo boa comida que é partilhada após cada reunião. Afinal de contas, o povo de D’us, independentemente das circunstâncias ou adversidades, é instado a “comer das gorduras e beber das doçuras” daquilo que o SENHOR nos dá (Neemias 8.10).

Não há uma infraestrutura de templo, ou seja, não temos bancos nem púlpito, pois a casa é a residência de um casal de missionários, todavia o louvor que é cantado e a Palavra que é pregada procura fundamentar-se na sã doutrina e para que esta seja posta em prática não precisamos de grandes recursos. Não sentimos falta do PowerPoint, tampouco temos, nem a sala comportaria, um grupo de louvor. Tudo é feito no melhor estilo “igreja primitiva”.

Nos dias de hoje uma igreja assim não é lá tão atraente e estamos certo de que, provavelmente, muitos poderiam sair frustrados se um dia nos visitasse. Infelizmente a Igreja moderna está virando empresa e os culto tornando-se meros espectáculos onde crentes marcam presença. Só que neste processo Jesus Cristo está a se tornar uma mera figura decorativa.

Na noite deste terça-feira, 14, avançamos no estudo de Actos dos Apóstolos e chegamos àquele ponto onde Saulo de Tarso tem o impactante encontro com o Senhor Jesus. O versículo 4 do capítulo 9 nos chamou especial atenção: “E, caindo [Saulo] em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?” É interessante ver que Jesus Cristo a essa altura não representava mais um perigo para Roma nem para o judaísmo farisáico de Saulo. Anulado que fora pela crucificação, Jesus em si não podia mais ser fisicamente perseguido. Entretanto, Saulo perseguia a Igreja e, nas palavras do Mestre, perseguir a Igreja é perseguir o próprio Senhor Jesus.

Que terrível constatação! Vivemos tempos em que a igreja de Cristo é achincalhada das mais diversas formas, seja pelo mau testemunho dos seus membros, pela condução duvidosa dos seus líderes ou pela metamorfose pela qual está passando sua liturgia. Já não basta a ênfase luterana do “Sola Scriptura, sola Gratia, Sola Fide” (“Somente as Escrituras, Somente a Graça, Somente a Fé”), é preciso acrescentar o “Cum Procaces”, para dar guarida também às “Frivolidades”. E pobres das igrejas que ousam manter as estruturas por muitos alcunhadas de arcaicas. Quem não se enquadra nos padrões mundanos é relegado à marginalidade no moderno movimento “gospel”.

No mesmo dia em que a Congregação Baptista em Cabecinhas debruçou-se sobre a História dos crentes dos tempos dos Actos dos Apóstolos, nosso Calendário Boa Semente, distribuído no início do ano, trouxe uma importante reflexão sobre o papel da Igreja, texto que passamos a reproduzir na íntegra:

ORIGEM DIVINA

Para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, e pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades” (Efésios 2.15b,16).

A Igreja, corpo de Cristo, tem origem divina. Não há nada que possamos fazer para nos tornarmos membros do corpo de Cristo. O Espírito Santo tem formado o corpo e o mantido em perfeita união com Cristo, o Cabeça ressurrecto nos céus.

Graças a D’us, nenhum esforço ou boa intenção humana e nenhum ataque de Satanás pode mudar, melhorar, anular, alterar ou destruir esse glorioso fato de sermos um com Cristo. Ele é a Cabeça, nós somos Seu corpo. E tem sido assim com cada santo comprado pelo sangue desde Pentecostes, não importa a raça, cultura, língua, nacionalidade, credo, educação ou qualquer outra classificação. Maravilhosa verdade, maravilhosa graça!

Em sua graça soberana, D’us chama cada indivíduo que faz +arte da Igreja. E Ele nos tem chamado não porque nascemos em boa família, temos bons princípios, pensamos no que é bom ou porque façamos qualquer coisa boa. Ao contrário! “Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência; entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também” (Efésios 2.2,3). Sua chamada foi por causa de Seu amor. Só podemos nos extasiar com esse amor derramado sobre nós. Por que eu!?

Ele queria um povo a quem pudesse mostrar as riquezas da Sua graça e glória. Aceitar isso pela fé nos libertará e preservará de cada ardil que embaraça as pessoas em esquemas que apenas visam exaltar os homens e roubar de Cristo o que Lhe é devido. Todos os aditivos, actividades planeadas ou esforços humanos para melhorar a igreja irão somente desfigurar o seu carácter celestial. O corpo foi deixado neste mundo com o expresso objectivo de demonstrar as características morais de Cristo, o Cabeça, e não de peculiaridades culturais ou opiniões de líderes. No instante em que se tenta misturar coisas celestiais com coisas humanas, o resultado é um grande caos, como se vê hoje na cristandade.

Todavia o fundamento de Deus fica firme , tendo este selo : O Senhor conhece os que são seus , e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade” (2 Timóteo 2.19).

UMA REFLEXÃO MAIS QUE APROPRIADA

Para concluir este raciocínio, aconselhamos vivamente que possas ler artigo do próximo post deste blog. Escrito por Charles Haddon Spurgeon há mais de 100 anos, o texto Alimentando Ovelhas ou Divertindo Bodes está mais actual que nunca!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: